Coluna do Beck: Estranho…

Alguém mais desconfiado por aí?

Olar, brazeeel! Parece que teremos uma semana mais amena no que tange às tretas e publicações sem noção postadas por políticos nas redes sociais. Pelo menos era o que tudo indicava até o fechamento desta coluna, na tarde de ontem, quando abrimos os trabalhos da semana.

Muito estranho mesmo

Nadica de nada de discussões, ataques ou afrontas. Tudo silencioso e muito esquisito, como se estivesse acontecendo uma reunião secreta nos porões de Brasília. Pausa para uma borrifada de água termal.

Eu, hein…

Se o silêncio da segunda for prenúncio de tumulto nos próximos dias, a gente conta aqui. Por hora, vigiemos e oremos. Quando o rato dorme, o gato acorda. Fica a dica.

Só deu ela!

Sendo assim, a gente comenta a sensação que foi a presença de Michelle Obama, ex-primeira-dama dos EUA, na cerimônia de entrega do Grammy 2019, que rolou domingo (10), em Los Angeles, com transmissão e opiniões nos melhores e piores Instagrans do mundo.

Poderosa

Aplaudidíssima ao surgir de surpresa no palco do evento ao lado de Lady Gaga, Jennifer Lopez, Alicia Keys e Jada Pinkett Smith, a mulher de Barack Obama foi uma das convidadas de honra da premiação.

Todos os estilos

Em seu discurso, Michelle falou sobre a importância da música em sua vida e em como a representatividade feminina é indispensável para o fortalecimento e união da indústria do entretenimento. “Seja country, rap ou rock, música nos ajuda a dividir, seja nossa dignidade ou dor, nossa esperança ou alegria”, disse, acrescentando que a música “nos permite ouvir uns aos outros e convidar os outros a entrar”.

Trending Topic

O nome de Michelle Obama segue na trilha dos mais comentados nas redes sociais desde então. Quanto ao nome ou à figura da atual primeira-dama dos EUA, nenhum pio. Se é que alguém perguntou ou sentiu falta…

Michelle Obama acrescenta poder e glamour à 61ª edição do Grammy 2019: ex-primeira-dama dos EUA posou e discursou ao lado de Lady Gaga, Jennifer Lopez, Alicia Keys e Jada Pinkett Smith. Aceita, brazeeel!

Por: Beck

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS