Cobertura contra sarampo e poliomielite está em 30,58%

Foto DIVULGAÇÃO

A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de que pelo menos 95% do público-alvo

A campanha nacional de vacinação contra sarampo e poliomielite começou segunda-feira, 6, e continua até 31 de agosto. Em Rio Preto, a cobertura está em 30,58%, equivalente a 5.834 crianças imunizadas. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de que pelo menos 95% do público-alvo (crianças com idades de 1 a menores de 5 anos) sejam vacinados.

Para a gerente de imunização da Secretaria de Saúde de Rio Preto, Michela Barcelos, a cobertura está dentro do esperado: “Está positiva até o momento, já que esse é o quinto dia de campanha. Agora, precisamos sensibilizar os pais e responsáveis que ainda não levaram os filhos às unidades de saúde para procurar as salas de vacina até o dia 31”, afirma.

O município estima que a população de crianças na faixa etária incluída na campanha seja de 19.075. Todas devem ser vacinadas durante a campanha, mesmo aquelas que estejam com a carteira de vacinação em dia, pois as doses são de reforço e não serão aplicadas após o fim da campanha. A exceção para a vacina do sarampo são crianças que receberam doses da vacina contra varicela e febre amarela há menos de um mês.

Para incentivar a vacinação, o Ministério da Saúde promove no dia 18, sábado, o dia de mobilização, chamado “Dia D”, quando todas as todas as Unidades Básicas de Saúde estarão abertas entre 8h e 17h para vacinar as crianças. No Estado de São Paulo, o “Dia D” também aconteceu no sábado, 4, quando 3.519 crianças foram imunizadas no município.

Rio Preto não confirma casos de poliomielite desde a década de 1980 e de sarampo desde o ano 2000. Ambas as doenças estavam consideradas eliminadas do país, mas a reintrodução do sarampo este ano, com casos e óbitos confirmados no país, mudou o cenário. Em Rio Preto, há 16 notificações da doença, das quais 10 já foram descartadas. “A principal forma de prevenção para ambas as doenças é a vacinação”, completa Michela.

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS