Civil de Rio Preto prende casal suspeito de vender drogas em festas eletrônicas

Drogas apreendidas seriam vendidas em festas eletrônicas de Rio Preto e região

Policiais civis do SIG Sul (Setor de Investigações Gerais) prenderam um casal suspeito de vender drogas em festas eletrônicas em Rio Preto e cidades da região, ontem à tarde, nos bairros Costa do Sol e no distrito de Engenheiro Schmitt.

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial rio-pretense. De acordo com o delegado Ricardo Afonso Rodrigues, a ação faz parte de uma investigação do Núcleo de Polícia Judiciária que visa combater o tráfico de drogas.

Uma jovem de 20 anos foi flagrada recebendo o material na porta da casa dela, no bairro Costa do Sol. “Ela recebeu uma caixa de som via Sedex e no interior do objeto estavam embutidos quinhentos gramas de maconha. Após ser indagada, ela revelou que a encomenda havia sido feita pelo namorado, que morava no distrito de Engenheiro Schmitt”, contou.

Após buscas na casa do suspeito, que tem 21 anos, os policiais encontraram dentro do quarto porções de cocaína, 300 comprimidos de ecstasy, 800 micropontos de LSD, anestésicos além de substâncias conhecidas popularmente como ‘loló’. Ainda segundo Rodrigues, o homem comprava os produtos pela Internet e vendia em festas eletrônicas com a ajuda da namorada, que é promoter de eventos.

Outras duas pessoas foram presas em março deste ano, em uma etapa anterior da investigação. O casal foi encaminhado para a carceragem da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e vai passar por audiência de custódia hoje no Fórum Central. A dupla vai responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Por Karolina GRANCHI

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS