Civil apreende máquinas caça-níqueis em bar

A Polícia Civil aprendeu máquinas caça-níqueis em um bar no Jardim Alto Alegre, nesta quarta-feira, 21, em Rio Preto. Essa foi a segunda apreensão do tipo no estabelecimento.
As duas máquinas caça-níqueis estavam em um cômodo anexo ao estabelecimento, que fica na rua Doutor Coutinho Cavalcante. Ainda no local, os policiais encontraram também uma maquininha usada na realização de jogo do bicho.

Ao ser questionado, o dono do bar, de 54 anos, negou que as máquinas eram utilizadas para jogo de azar, dizendo que os aparelhos eram destinados ao uso da internet, mas depois confessou a prática.

As máquinas estavam ligadas, mas não tinham dinheiro dentro. O dono do estabelecimento transportou os aparelhos até a Central de Flagrantes. Para o delegado, ele disse novamente que o uso das máquinas era para uso de internet. O homem vai responder processo em liberdade.

O artigo 50 da Lei das Contravenções Penais prevê que estabelecer ou explorar jogo de azar em lugar público ou acessível ao público é uma contravenção penal sujeita à pena de prisão de três meses a um ano em regime abeto ou semiaberto, além de multa.

Por Vinícius LOPES

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS