Chuva forte derruba árvores e causa alagamentos em Rio Preto

Árvore caída na pista de caminhada da represa municipal.

A chuva forte que chegou a Rio Preto na tarde desta quinta-feira (30), provocou a queda de 20 árvores, sete pontos de alagamentos e congestionamento que atrapalhou os motoristas que seguiam pela cidade.

Somente, na quinta-feira, choveu 40 milímetros em menos de 1 hora. Segundo a Defesa Civil, a quantidade de chuva foi a maior dos últimos 12 meses em Rio Preto.  A região Leste foi a mais atingida comparadas com outras áreas da cidade.

O mau tempo prejudicou o transporte coletivo. O terminal rodoviário ficou tomado pela água que atingiu também o mini terminal da Rua Pedro Amaral próximo a Avenida Bady Bassitt. Lojas próximas ao local ficaram inundadas pela água.

Segundo a Defesa Civil, o volume da chuva, da tarde de quinta-feira, somado à chuva da manhã desta sexta-feira (1), resultou no volume de 62 milímetros. Equipes dos Bombeiros e da Prefeitura fizeram a averiguação e retirada das árvores caídas ainda pela manhã.

Em nota o prefeito Edinho Araújo disse que acionou um esquema emergencial logo após o temporal de ontem para avaliar os estragos e fazer os reparos necessários. Equipes da Defesa Civil e das secretarias de Obras e Serviços Gerais, em colaboração com o Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar trabalharam durante toda a noite.

“Apesar do elevado número de ocorrências como pontos de alagamento e queda de árvores, felizmente não houve vítimas. O prefeito solicitou à secretaria de Obras um relatório completo do projeto antienchente para análise. Segundo dados do Núcleo de Sementes de Rio Preto o volume acumulado de chuvas nas últimas horas foi de 62,4 mm”.

Por Mariane Dias 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS