Central de vendas de produtos veterinários clandestinos é fechada em Rio Preto

Foto: Guilherme Ramos

Sete pessoas, com idades entre 17 e 25 anos, serão investigadas por comercializar produtos veterinários proibidos no Brasil. A central de vendas clandestina foi fechada por fiscais do Ministério da Agricultura na manhã de quarta-feira (30), no Jardim América, em Rio Preto.

De acordo com o boletim de ocorrência, é proibido o uso, distribuição e importação de seis medicamentos diferentes, entre eles, anabolizantes, apreendidos no local. Também foram apreendidos computadores e anotações de orçamentos, pedidos, contas bancárias, movimentação financeira do negócio e até orientações de administração dos medicamentos.

Os sete envolvidos, entre eles um menor de 17 anos, foram apresentados na Central de Flagrantes. O crime foi registrado como contrabando e colocar em risco a saúde pública.

Por Bia MENEGILDO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS