Castrar é sim uma boa ideia

Foto: Divulgação

Uma doença que aterroriza as pessoas e também causa medo nos animais, o câncer. Uma forma de evitar o câncer de mama e útero seria castrando a cachorra ou gata fêmea. O macho tem menos chances de desenvolver um câncer de próstata, além de outros benefícios.

A veterinária Leni Maria dos Santos, comenta sobre as vantagens da castração. “Além de prevenir o câncer, a fêmea fica mais dócil e se o animal tiver algum problema de pele, a castração pode diminuir ou até melhorar tal problema. No caso do macho, a marcação de território é um dos principais benefícios, além de acalmar o animal também.”

Leni passa algumas dicas sobre a idade e o momento certo de castrar o animal. “Quanto antes melhor. Os filhotes têm recuperação mais rápida e muitos donos reclamam do macho urinar com a perna levantada. Se o filhote for castrado ele pode urinar sem levantar a perna.”

Segundo a veterinária, a recuperação é de 10 a 15 dias. Com o uso do cone, para que o bichinho não lamba o local da cirurgia e tire algum ponto, uso de antibióticos e um spray na região onde a castração foi realizada.

Marina Maia, esteticista, diz como seus bichinhos ficaram depois de serem castrados. “Eles se tornaram super dóceis, uma das minhas gatas ficou até medrosa, mas os machos pararam de marcar território e ficaram bem mais calmos. Além disso, a recuperação é muito rápida.”

Não caia na conversa de alguns hormônios que podem servir da mesma forma que a castração, eles estimulam o câncer no seu amigo!

Então, castre o seu amiguinho! Com a castração, ele fica prevenido do câncer e mais calmo. Pense um pouco sobre a saúde dele e como você pode prevenir e ajudar o seu melhor amigo a ficar mais tempo com você. Além desse tempo a mais, nossos queridos amigos não vão marcar território e vão ficar bem mais dóceis.

Fonte: colaboração João Pinheiro – Redação jornal DHoje Interior 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS