Casos de homicídios dolosos sobem 153% em Rio Preto, segundo SSP

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, divulgados na tarde de ontem, o número de homicídios, latrocínios e estupros cresceu em Rio Preto no período comparativo de janeiro a agosto de 2016, com janeiro e agosto de 2017.

De acordo com as estatísticas apresentadas, a taxa de casos de homicídios dolosos subiu em 153%, se comparada com o ano passado. Ao todo, em 2016, foram registrados 15 casos, contra 23 no mesmo período deste ano, sendo dois no último mês de agosto.

Dhoje Interior

Os dados também apontam para o alto índice de casos de estupros de janeiro a agosto de 2017. No total, neste ano, foram 102 casos, o que significa 124% a mais que o mesmo período de 2016, quando até o mês de agosto as estatísticas mostravam 82 estupros.

Outro número que aumentou de 2016 para 2017, de janeiro a agosto, foi o de crime de latrocínio (roubo seguido de morte). Os registros da Secretaria de Segurança Pública mostram que a taxa subiu 75% em Rio Preto. No comparativo anual, até agosto do ano passado acorreram três casos, contra quatro neste ano.

Por outro lado, se os números de homicídios, estupros e latrocínios subiram, as estatísticas da Secretaria de Segurança Pública também marcam números positivos para Rio Preto quando o assunto é roubo de veículos.

Entre janeiro e agosto de 2017, e o mesmo período de 2016, a queda foi de 22%. No ano passado, até o oitavo mês do ano, 93 veículos haviam sido roubados, enquanto neste ano 72 veículos foram registrados como roubados em Rio Preto.

 

Por Marcelo SCHAFFAUSER