Cartório terá plantão para regularizar eleitores para as eleições de outubro

Cartório eleitoral fará plantão a partir do dia 9 de abril até 9 de maio para cadastrar os eleitores para as eleições deste ano

De 9 de abril até 9 de maio, data que se encerra o período de alistamento para a retirada do título de eleitor para as eleições deste ano, o cartório eleitoral de Rio Preto irá funcionar em horário especial, das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira, sendo que no último final de semana de abril e no primeiro final de semana de maio, e também no feriado de 1º de maio, o horário de atendimento será das 9h às 17h.

“Por conta do final do alistamento, no dia 9 de maio nós faremos plantão. O horário de atendimento, hoje, no cartório, é das 12h às 18h, de segunda a sexta-feira. Isso vai mudar a partir do dia 9 de abril”, explicou a chefe do cartório, Renata de Alcântara Kfouri, que espera atender em média de 500 a 600 pessoas por dia nos últimos dias de alistamento.

“O cadastro será fechado no dia 9 de maio. Então, quem tiver que tirar o título pela primeira vez e já tem 18 anos, ou quiser fazer uma transferência, ou uma revisão dos dados, como na questão da acessibilidade, que uma pessoa pode estar com a capacidade reduzida e precisa ir para uma seção especial, esse é o momento”, alertou Renata de Alcântara.

Quem não fizer o cadastro ou o título estiver cancelado ficará impedido de votar na eleição deste ano. O eleitor que não se alistar e tiver mais de 18 anos, em novembro, quando o cartório abrir novamente para o alistamento terá que pagar uma multa de R$ 3.

BIOMETRIA

Em relação à biometria, processo que em Rio Preto só irá valer a partir de 2022, a chefe do cartório diz que todos os eleitores dos 18 aos 70 anos são obrigados a fazer. Porém, não é necessário neste momento.

“A biometria é obrigatória em todo o país e não é diferente em Rio Preto. A diferença crucial é que nós não temos prazo definido ainda. Então, não há necessidade de fazer essa biometria para essa eleição. É desnecessário enfrentar filas, ficar horas só para fazer a biometria. Nós queremos atender toda a população e queremos fazê-lo, mas não há necessidade nesse momento. Se for só a biometria nós aconselhamos que depois da eleição, na primeira semana de novembro, o cadastro é reaberto e a pessoa vem para fazer a biometria”, disse.

Ao todo, de acordo com Renata de Alcântara, em Rio Preto em torno de 20% do eleitorado, cerca de 60 mil dos mais de 300 mil eleitores, já fizeram a biometria.

“Quem vai fazer a biometria nós atualizamos os dados, tiramos foto, colhemos as digitais dos dez dedos, então, isso é a biometria. É importante porque também mantem o cadastro atualizado. Rio Preto vai passar pela revisão obrigatória, que senão fizer a biometria o título será cancelado, aí, sim, será esse prazo que todo mundo está se preocupando agora. Nós vamos fazer a revisão durante 2021 todo e 2022, que é ano de eleição, até maio também, que aí fecha. Até 2022 a população de Rio Preto tem que estar cadastrada”, afirmou.

Por Marcelo Schaffauser

SEM COMENTÁRIOS