Cartinhas com pedidos de Natal já estão disponíveis nos Correios

Foto Claudio Lahos

Há 29 anos os Correios vêm mudando o Natal de muitas crianças que passam por necessidades em todo o país. Além de fazer bem para quem vai receber o presente, a campanha de adoção de cartinhas para o Papai Noel dá a quem adota uma carta a oportunidade de fazer bem a si mesmo, cultivando a magia do Natal.

A Campanha nasceu da iniciativa dos próprios funcionários e se consolidou como uma das maiores campanhas natalinas e uma das principais ações de responsabilidade social dos Correios e de todo o país. Ao longo dos últimos 29 anos, a campanha conquistou o respeito e confiança da sociedade.

O número de cartas a ser recebida tende a ser ainda maior esse ano. No ano passado, a
agência de Rio Preto teve 2.953 cartas selecionadas e 1.864 adotadas.

A pessoa interessada em ser um padrinho deve ir até uma agência própria
dos Correios, ler as cartinhas disponíveis para adoção e escolher uma que
esteja em suas condições para adotar. Não existe uma quantidade limite de
cartinhas para adotar. E atenção para as datas. As crianças poderão entregar
as cartinhas nos Correios até o dia 7/12/18. Os padrinhos poderão adotar as
cartas e entregar os presentes até o dia 14/12/18.

Podem participar da campanha crianças com até 10 anos de idade. As cartas devem ser
manuscritas e é selecionada apenas uma carta por criança. Além das cartas que as crianças escrevem diretamente ao Papai Noel, a campanha contempla também aquelas de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

As cartinhas encaminhadas aos Correios devem obedecer aos critérios exigidos, além de conter o endereço correto. As exigências são feitas para que a criança que escreveu para o Papai Noel possa ser localizada na entrega dos presentes.

Gerente da agência de Rio Preto há dois anos, Helton Souza conta que diversos pedidos
o emocionam e comovem, como o caso de uma criança que pediu um serviço para pai.
“É impressionante ver tantas realidades diferentes das nossas, já vi casos de crianças que pediram uma cadeira de rodas, materiais escolares e até um serviço para o pai nessa época de desemprego”, conta Souza.

A pessoa interessada em ser um padrinho deve ir até uma agência própria dos Correios, ler as cartinhas disponíveis para adoção e escolher uma que esteja em suas condições para adotar. Não existe uma quantidade limite de cartinhas para adotar. Após escolher uma carta com que você se identifique, basta levar o presente na mesma agência onde fez a adoção que os Correios farão a entrega para a criança.

E atenção para as datas. As crianças poderão entregar as cartinhas nos Correios até o dia 7/12/18. Os padrinhos poderão adotar as cartas e entregar os presentes até o dia 14/12/18.

Não é permitida a entrega direta do presente, por esse motivo o endereço da criança não é informado ao padrinho. Além de ser uma forma de preservar a identidade das crianças, é uma forma de manter a magia do Natal, pois para a criança, a figura do Papai Noel está por trás dessa entrega.

As cartas para adoção estarão disponíveis na agência Central dos Correios Rio Preto
que fica na rua Prudente de Moraes, 3057. Colaborou: Thais LOBATO

 

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS