Capotamento seguido de colisão frontal mata motorista de 62 anos

Ricardo Arakaki, 62, que dirigia um Astra 2003, de placas de Sales Oliveira, morreu por volta das 22h20 deste domingo, no quilômetro 182 da rodovia Assis Chateaubriand.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima estava com o carro capotado, parado de forma transversal na via do lado esquerdo, quando o médico F.G.G., 34, morador no bairro Boa Vista, que seguia com o Agile 2010, no sentido Guapiaçu/Rio Preto, atingiu o veículo do idoso.

O carro de Arakaki foi arremessado no canteiro central. E o automóvel de G. ficou na via de rolagem. Policiais militares rodoviários fizeram o teste do etilômetro no médico, que deu negativo.

Bombeiros prestaram os primeiros socorros para Arakaki, mas ele não resistiu à gravidade dos ferimentos.

G. foi com meios próprios até a Central de Flagrantes e como estava sentindo dores procurou atendimento no Hospital de Base rio-pretense.

A Polícia Técnica foi acionada e vai emitir um laudo que deve ajudar a esclarecer as causas do acidente.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS