Capacitação em Engenharia de Segurança do Trabalho na Estácio

Matheus Mattos, coordenador acadêmico da área de Engenharia de Segurança do Trabalho da Estácio. (Foto Guilherme Batista)

A unidade de ensino superior da Estácio de Rio Preto oficializou a fundação de mais um curso de pós-graduação, o de Engenharia de Segurança do Trabalho. As inscrições para as turmas iniciais já estão abertas. A formação tem o prazo de até 24 meses, e as aulas terão início no dia 27 de outubro. Nesse primeiro momento, a instituição vai ofertar duas turmas: uma com atividades quinzenais aos sábados ou outra com aulas semanais, divididas em dois dias.

Como é uma pós-graduação, o curso é voltado aos profissionais com diploma superior em Engenharia plena (qualquer área das engenharias), como Arquitetura & Urbanismo, Geologia ou Agronomia. A formação oferecer uma especialização em Engenharia de Segurança do trabalho. Com o curso, o profissional será capacitado a atuar na área de preservação de saúde e da segurança dos trabalhadores.

“A área se preocupa com a qualidade de vida do trabalhador, o que é o grande diferencial hoje. Não é apenas uma pós-graduação com outra qualquer, é uma pós que está alinhada à engenharia, à medicina, entre outras áreas para entregar a melhor qualidade de vida ao trabalhador”. A titulação é outra novidade do curso. “O grande diferencia da área de segurança do trabalho é que ela entra como uma titulação de pós-graduação, mas o profissional sai também com um título de graduação, que no mínimo iria custar uns 5 anos de investimento”, comenta Matheus Mattos, coordenador acadêmico da área de Engenharia de Segurança do Trabalho da Estácio.

A área de Engenharia de Segurança do Trabalho atua junto à medicina e a própria área de trabalhabilidade do funcionário, conciliando melhor qualidade de vida para o trabalhador. O profissional da área pode atuar prestando consultorias ou por meio de um contrato com uma empresa. O salário para o profissional recém-formado está em média de R$ 3 500. Além disso, é vista como uma área promissora.

“É um cenário novo na região. Não existem tantos profissionais na área e é uma área que é muito requisitada. Mercado de trabalho muito aquecido, pois o profissional consegue estar ingressando tanto dentro da indústria como construção civil ou dentro de uma área farmacêutica fazendo consultoria. Existe não só uma demanda interna em Rio Preto, mas em toda a região, e é um curso que, nacionalmente, se você entrar nos maiores veículos de mídia, você vai sempre ver vaga buscando esses profissionais”, ressalta Mattos.
Quem tem interesse já pode realizar a inscrição no curso. Outras informações estão no site da instituição, no http://pos.estacio.br/. As aulas estão previstas para começar no dia 27 de outubro. Conteúdo especial – Leandro Brito

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS