Candidatos a prefeito já contrataram mais de R$ 1,2 mi em serviços

Os candidatos que estão na disputa eleitoral deste ano pela prefeitura de Rio Preto têm divulgado no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) os recursos e gastos que cada coligação ou partido irá fazer neste processo. As candidaturas legalmente podem gastar até R$2.722.689,86 no 1º turno.

Todos os candidatos juntos somam um total de despesas contratadas de R$ 1.276.333,79 dos quais 84,14% deste total são da coligação “Rio Preto Muito Mais” do candidato a reeleição Edinho Araújo que declarou um total de despensas contratadas até o momento de R$ 1.073.912,52 – 83,54% deste montante declarado será gasto com Produção de programas de rádio, televisão. Um total de R$ 265.048,00 já foi pago, a coligação tem registrado um total de recursos recebidos para a campanha até o momento foi R$ 710.005,00.

Dhoje Interior

O levantamento feito do total de despesas contratadas até o momento pelos prefeituráveis até esta quinta-feira (22).

Na sequência vem o candidato Filipe Marchesoni do Novo que teve R$ 150.842,52 declarado de despesas contratadas, deste montante 26,52% foram gastos com Baixa de Estimáveis – Recursos de Pessoas Físicas e do total das despesas contratadas R$ 72.979,17 já foram pagas. O candidato tem declarado o recebimento de R$ 159.879,88 em recursos recebidos.

A candidata coronel Helena da coligação “Rio Preto com Segurança” declarou até agora R$ 21.066,00 de gastos contratados, dos quais 43,67% destas despesas são de Publicidade por materiais impressos – R$ 5 mil já foram pagos das despesas totais. A coligação recebeu um total de recursos de R$ 750 mil.

Carlos Arnaldo da coligação “Rio Preto Pode Mais” totalizou até agora R$ 18.225,25 de despesas contratadas das quais 73% são com Publicidade por jornais e revistas – o candidato já pagou R$ 1520,05 e tem um total de recursos de R$ 401.550,00.

O candidato do DC (Democracia Cristão) Rogério Vinicius apresentou R$ 7.050,00 de gastos contratados dos quais R$ 1.450,00 já foram pagos – e a maior despesa que toma 70,92 desta quantia será gasta com Serviços de Contabilidade. O candidato declarou ter recebido R$ 2.961,53.

Marco Rillo candidato do Psol declarou gastos contratados de R$ 5.149,35 este mesmo valor já foi pago e 48,55% das despesas declaradas é com pessoal. Rillo recebeu de recursos até o momento para a campanha R$ 73.250,58.

Os candidatos Celi Regina do PT e Paulo Bassan do PRTB ainda não fizeram sua declaração de gastos contratados. Os recursos recebidos para a campanha de cada uma dos dois candidatos é de R$ 157.003,17 e R$ 6.050,00 respectivamente. Os candidatos Carlos Alexandre do PC do B e Marco Casale da coligação “Rio Preto Pela Verdade” ainda não disponibilizaram seus dados para o sistema.

Por Sérgio SAMPAIO – Da Redação Jornal DHoje Interior