Campanha Janeiro Branco segue hoje de manhã na Represa Municipal

Foto Divulgação

Janeiro Branco foi criado com o objetivo de levar a psicoeducação para a população no geral, incentivar as pessoas a falarem sobre suas emoções e sobre a saúde mental

Uma equipe de estudantes e profissionais de psicologia de Rio Preto dá continuidade neste fim de semana às ações que fazem parte do Janeiro Branco, campanha que visa chamar a atenção das pessoas para a importância da saúde mental. As atividades tiveram início na cidade no último sábado (19). Neste fim de semana, a ação está marcada para ocorrer no domingo (27), na Represa Municipal, em frente à escadaria.

Francilena Prado, de 37 anos, formada em psicologia, participou da ação desenvolvida na praça Rui Barbosa na semana passada. Em conversa com a população de Rio Preto, ela pôde perceber que as pessoas estão sofrendo muito e, o pior, a maioria não sabe onde encontrar ajuda. “Esse formato que adotamos esse ano, penso que é muito importante, pois a população no geral não tem acesso ao mínimo de informação sobre o que é cuidar e buscar ajuda sobre saúde mental”, comenta Prado.

Diferente dos outros anos, em que o grupo focava em palestras, este ano o pessoal optou por fazer ações mais pontuais em lugares estratégicos de Rio Preto, para assim levar conforto e informação para as pessoas. “No sábado, o pessoal de um grupo chamado Psicoterapia na Praça esteve lá, como em outros sábados. Duas pessoas que abordei me disseram que precisavam de ajuda, como não coloquei grau ainda, encaminhei para eles. Fizeram o acolhimento e me parece que farão acompanhamento com eles”, relata Prado.
Prado comenta que entre os problemas mais relatos pelas pessoas estão as dificuldades emocionais e estresse no trabalho. “Falei com alguns policiais e existe muito tabu. O que ouvi dos que falaram comigo foi que o trabalho é muito estressante, pressão muito grande e o Estado não dá o suporte emocional e psicológico que precisam”, diz Prado.

Represa
No domingo (27), vai acontecer no Parque da Represa Municipal, a partir das 9h, uma roda de conversa sobre a importância de cuidar da saúde mental, tendo como ponto de encontro as escadarias do parque. Haverá também uma roda de capoeira com a participação do contra mestre Fabio Acasol Nascimento, da Associação de Capoeira Sol da Liberdade. Todos estão convidados a participar.

Unimed
A Unimed de Rio Preto também está programando uma atividade especial para tratar sobre a importância de se pensar na saúde mental. O evento vai ocorrer neste domingo (27), a partir das 8h, na Praça do Vivendas. Entre as atividades programadas estão oficina de psicologia, aula de yoga, meditação, musicoterapia, contação de histórias e quitanda saudável.

Serviço
Prado comentou que muitas pessoas não sabem onde encontrar ajuda psicológica. Em Rio Preto, as faculdades oferecem apoio psicológico à população. As pessoas que precisam de algum apoio psicológico podem entrar em contato com os departamentos de psicologia das instituições para ter mais informações sobre os atendimentos.

 

Por Leandro BRITO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS