Campanha em prol da vida de Gessi Cantalogo incentiva a solidariedade

“Doando você se torna um herói de verdade”, diz Alessandra Cantalogo, filha de paciente do Hospital de Amor e criadora de campanha online para salvar a mãe

Existem pessoas que emanam luz e beleza por onde passam. Gessi Duarte Cantalogo, de 66 anos, é um exemplo disso. Modelo da melhor idade, nem a batalha contra leucemia a desanima. Há quatro anos, a idosa espera um transplante de medula que pode salvar a sua vida.

Por conta de infecções, ela foi internada na última terça-feira, dia 27, no Hospital de Amor, em Barretos. Sua esperança está em Évora, uma de suas filhas, que mora na Espanha. Ela seria compatível para doar medula, já que o restante da família não é.

Uma vaquinha online foi organizada por parentes e até o momento foi arrecadado 53,43% do valor. Se a campanha atingir os R$ 7 mil, dinheiro que seria usado para a compra das passagens aéreas, a filha de Gessi poderá realizar o exame de compatibilidade. Esse procedimento poderia ser feito na Europa, porém ficaria pronto depois de 20 dias e o tempo não vem sendo amigo da idosa.

Além da campanha para a arrecadação de dinheiro, a família também vem incentivando as pessoas a se cadastrarem como doadores de medula. “As pessoas são boas. Queremos formar uma rede de amor, conscientizando as pessoas e abrindo as portas para outros que precisam de ajuda”, conta Alessandra Cantalogo, filha da idosa.

Dona Gessi já passou por um transplante de medula em 2018, porém não foi o bastante para a cura da doença. O doador com 100% de compatibilidade foi encontrado nos Estados Unidos pelo Redome (Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea).
Para quem não conhece, o Redome conta com mais de 4 milhões de doadores cadastrados e é o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo. Anualmente, são incluídos mais de 300 mil novos doadores no cadastro do Redome. O registro americano conta com quase 7,9 milhões e o alemão, com cerca de 6,2 milhões.

Enquanto não atinge a meta, a família de dona Gessi aguarda a solidariedade das pessoas. “Tudo o que mais queremos é ver o sorriso iluminado da minha mãe novamente. Doando você se torna um herói porque ajuda pessoas a retomar a sua vida com saúde”, finaliza Alessandra.

Quem tem interesse em ajudar na campanha da dona Gessi é só acessar o site https://www.vakinha.com.br/vaquinha/gessi-duarte-cantalogo-precisa-de-sua-ajuda

Por: Ana Eliza Barreiro e Vinicius Lopes

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS