Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada

A Campanha Nacional de Vacinação contra gripe foi prorrogada até o dia 15 de junho. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 29, pelo Ministério da Saúde, que justificou a medida “em decorrência do impacto da paralisação dos caminhoneiros nos atendimentos em serviços de saúde”. Em Rio Preto, no entanto, o abastecimento das salas de vacina continua normal.

“Não observamos qualquer tipo de prejuízo em Rio Preto. A demanda nas unidades continua normal, até implementamos ações de vacinação no fim de semana e as unidades têm feito ações em escolas”, explicou a gerente de imunização da Secretaria de Saúde, Michela Barcelos.

Por enquanto, não haverá ampliação de grupos prioritários para serem imunizados. Podem procurar as unidades de saúde os idosos, profissionais de saúde, gestantes, puérperas, crianças com idades entre seis meses e menores de cinco anos, professores e portadores de doenças crônicas.

A cobertura para os grupos prioritários com meta no Brasil está em 66%. No Estado de São Paulo, 58,3% e em Rio Preto, 71,88%. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 90%. Em Rio Preto, as maiores coberturas são dos profissionais da saúde, com 85,42% e das puérperas, com 78,16%. A pior cobertura ainda é o do grupo das crianças, com 47,53%.

“A campanha segue por mais duas semanas, portanto, devemos trabalhar mais a sensibilização da população para que elas procurem as unidades de saúde e também avaliar algumas ações para colaborar para a ampliação desse índice de vacinação”, finalizou Michela.

Da REDAÇÃO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS