‘Caminho das águas’ e rota de alimentos monitorados por drones

A Prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento abriu licitação, nesta terça-feira (19), para aquisição de um drone, que será utilizado nos trabalhos de projetos agrícolas.

Segundo o secretário da Pasta, Antonio Pedro Pezzuto Júnior, o drone irá monitorar a entrega de alimentos que são destinados à merenda escolar e a fiscalização de recuperação de estradas do projeto ‘Caminho das águas’, que tem o objetivo de manter as estradas rurais com foco em controle de erosão e melhoria de trânsito entre loteamentos.

As equipes que realizam o projeto mapearam 68 quilômetros de estradas que margeiam os córregos dos Macacos, da Onça e do rio Preto que desaguam na Represa Municipal, a fim de evitar o assoreamento da represa e, consequentemente, desassoreamento. Segundo a Pasta, projeto será realizado em etapas.

Para o secretário, o uso do equipamento oferece segurança e agilidade. “O drone facilita todos os processos administrativos, durante uma visita técnica é feito um mapeamento, que pode ser monitorado por satélite, isso evita fraudes e todo o processo é acompanhado com segurança ”, afirma Pezzuto.

Entrega de alimentos

Rio Preto é um dos municípios do Brasil que recebe recursos do Governo Federal para custeio de merenda escolar por meio do PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar. Ao menos 30% dos recursos devem ser aplicados em compras em parceria com o pequeno produtor.

Com o drone os alimentos destinados para a merenda escolar passarão a ser monitorados. De acordo com Pezzuto, essa forma é uma maneira de evitar desvios ou possíveis fraudes.

“Com o monitoramento no campo até o local da entrega teremos a certeza de que é realmente do produtor o alimento, isso ajuda a evitar fraudes como em outras cidades que já soubemos que aconteceram, ou seja, evita que o produtor compre para repassar”, explica o secretário.

Atualmente, são 242 cotas de produtores rurais, que fornecem para os Programas de Aquisição de Alimentos nas modalidades Conab, Municipal e Institucional, além da merenda escolar. Deste total, 76 produtores fornecem para merenda.

Por Mariane DIAS

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS