Calçadão ficou movimentado no penúltimo dia antes do Natal, mas empresários falam que vendas foram fracas

Empresário - José Carlos reclamou das vendas de Natal

O movimento foi intenso no Centro de Rio Preto no penúltimo dia de compras antes do Natal. As pessoas entraram em diversas lojas em busca de comprar o presente para os amigos e familiares.

É o caso do casal Neilton Fernandes, 28 anos, e Manoela Felipe, 31 anos, que vieram do Estado do Goiás para aproveitar as compras no Calçadão, considerado um dos maiores centro de compras do interior.

“As coisas aqui estão mais baratas do que na minha cidade (Chapadão do Céu). Por isso, resolvemos comprar os presentes para os nossos filhos por aqui”, afirma Neilton, que tem família em Rio Preto. O casal comprou diversos brinquedos para o filho.

A funcionária pública Manoela Felipe, 37 anos, foi outra que deixou para última hora o presente. “Fiquei pesquisando essa semana. Hoje (ontem) resolvi comprar o vestido para minha mãe. Acredito que ela ficará bem feliz com a escolha.”

Vendas fracas
Apesar do grande número de pessoas no Centro de Rio Preto, os comerciantes afirmaram que as vendas estavam fracas. “Olha, sinceramente eu nunca acreditei que iria passar por essa situação. Para se ter uma ideia, o meu faturamento caiu pelo menos 50% em relação ao ano passado”, diz o comerciante José Carlos da Silva, que tem duas lojas no Calçadão.
A empresária Dalva Assakawa também criticou as vendas. “Não sei o que houve. Ontem (anteontem) já foi ruim, mas hoje está muito baixa também. O momento político está complicado e contribuiu para isso.”

Por Franklin Catan

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS