Caixa altera calendário e saque imediato será feito ainda este ano

A Caixa Econômica Federal decidiu antecipar os saques de até R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para não correntistas do banco. Com isso, todos os trabalhadores terão acesso ao benefício ainda este ano.

No calendário anterior, os trabalhadores nascidos de julho a dezembro só conseguiram realizar o saque em 2020. A data limite para efetuar o saque continua sendo a mesma, no dia 31 de março.

Se o trabalhador não fizer o saque na data, os valores disponíveis retornam para a conta do FGTS. Para os nascidos no mês de janeiro, o saque de R$ 500 do FGTS para não correntistas começou na última sexta-feira, dia 18. Já para os trabalhadores que fazem aniversário em fevereiro e março, os saques começarão nesta sexta-feira, dia 25.

De acordo com a Caixa, os trabalhadores não correntistas somam 62,5 milhões de pessoas, que poderão sacar em torno de R$ 25 bilhões. A liberação abrange contas vinculadas do FGTS que ainda estão ativas e também de empregos anteriores, as chamadas contas inativas.

Em 40 dias, entre correntistas e não correntistas, já foram pagos mais de R$ 15,4 bilhões para cerca de 40% dos trabalhadores.

O saque imediato de R$ 500 não tem relação com o saque-aniversário, que só começa a ser pago em abril de 2020, e não tira o direito do trabalhador ao saque do FGTS por motivo de rescisão contratual nem ao recebimento de multa dos 40% sobre o valor, nem impede o saque para as demais modalidades como aposentadoria, aquisição da casa própria e doença grave.

Os trabalhadores não correntistas que forem tirar valores de até R$ 100 por conta, o saque pode ser feito nas lotéricas, com apresentação do CPF e documento de identificação.

Já para quem for sacar valores de até R$ 500 por conta, pode retirar o dinheiro nas lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui, com documento de identificação e senha Cidadão e senha.

Quem não possui o Cartão Cidadão, pode sacar nos caixas eletrônicos da Caixa utilizando o CPF e senha Cidadão. Em caso de saque na agência, deve apresentar documento com foto, número do CPF e a Carteira de Trabalho ou Cartão Cidadão e senha.

Por Vinícius Lopes

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS