Cadastro identifica cliente como uma das ladras de farmácias

O compartilhamento de imagens pelo whatsapp das mulheres que compõem o trio de ladras que anda furtando produtos dermocosméticos de alto valor de uma rede de farmácias de Rio Preto levou a gerente de uma dessas unidades a identificar uma das criminosas.

Ao acessar os arquivos, a vítima A.C.C.G., 25, lembrou ter visto as autoras em sua drogaria, na avenida Bady Bassitt, e foi checar o sistema de monitoramento, descobrindo que duas delas furtaram cremes, avaliados em R$ 2 mil, deixando ‘vazios’ em prateleiras do estabelecimento.

Uma das marginais é desconhecida para A., mas a outra tem cadastro como cliente e foi reconhecida como sendo V.F.S.

A ocorrência de furto foi registrada na tarde desta quarta-feira na Central de Flagrantes e as investigações estão por conta do 5º DP local.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS