Brasília é o 4º destino mais procurado por brasileiros para 2020

Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, foi o primeiro monumento a ser criado em Brasília (Foto: Agência Brasília/GDF)

Conhecida pela arquitetura e por ser centro político do país, a capital federal ficou atrás apenas de Londres, Rio de Janeiro e de São Paulo

A capital do país, Brasília (DF), surpreendeu e apareceu em 4º lugar no ranking de destinos mais procurados por brasileiros para 2020, segundo pesquisa divulgada pelo site Google. No levantamento, a capital federal ficou atrás apenas de Londres, que apareceu em primeiro lugar, do Rio de Janeiro (2º) e de São Paulo (3º). Para chegar ao resultado, a empresa utilizou dados da ferramenta Google Travel e considerou as reservas feitas ao longo de 2019 para este ano.

Conhecida mundialmente pela arquitetura e por ser centro político do país, Brasília possui atrativos como o Parque da Cidade, um dos maiores parques urbanos do mundo e o maior da América Latina, e atrações como cachoeiras, rios e o Lago Paranoá, ideal para a prática de esportes como kitesurf, windsurf e caiaque, além de parapente, que fazem da cidade um dos principais destinos para a prática do turismo de aventura.

O turismo rural também é uma boa pedida para quem busca de tranquilidade e descanso. Mas para aqueles que gostam de agitação, a noite brasiliense abriga bares e restaurantes das mais variadas fontes de gastronomia.

Para a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, a posição da cidade na pesquisa demonstra que o potencial turístico da capital está sendo melhor explorado. “Para 2020, a Setur (Secretaria de Turismo( e o GDF (Governo do Distrito Federal) preparam uma série de ações que visam estruturar e valorizar o turismo na cidade, buscando parcerias com a rede hoteleira, companhias aéreas e também dando mais visibilidade às atrações turísticas de Brasília, que são inúmeras”, explica a secretária.

Novas rotas internacionais

Está mais fácil para os turistas estrangeiros chegarem a Brasília. Em 2019, a cidade recebeu quatro novos voos internacionais: Assunção (Paraguai), Lima (Peru), Santiago (Chile) e Cancún (México). A política de incentivo fiscal para o mercado de aviação civil na capital federal é um importante aliado no aumento de voos internacionais.

A ocupação média da rede hoteleira da capital federal deve ser 8% maior em 2020, comparando com os dois anos anteriores, segundo estimativa da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih). Em 2019, a média anual de ocupação foi de 58,7%. A receita com as diárias de hotel movimentou mais de R$ 272 milhões na capital federal.

60 anos de Brasília

No dia 21 de abril, a capital federal completa 60 anos. Mas o aniversário será celebrado ao longo de todo o ano de 2020, com diversas programações especiais. A cidade oferece programas e roteiros turísticos que englobam a arquitetura, religião, místico, náutico, gastronômico, ecoturismo e turismo de aventura.

 

Governo do Brasil

SEM COMENTÁRIOS