Branco rebate críticas e sugere troca de secretário de Trânsito

Foto: Ygor Andrade

O vereador Anderson Branco (PL) não poupou saliva no uso de sua fala na sessão desta terça-feira (20), na Câmara Municipal de Rio Preto. Falando de seu projeto de Lei para a retirada dos radares móveis de dentro da cidade. O projeto recebeu “críticas” por parte de membros do Governo e o vereador concentrou seus argumentos contra o secretário de Trânsito, Amaury Hernandes.

“Deveria ter ficado aqui para poder ouvir, porque precisa prestar atenção no que a população está pedindo”, disse o vereador que citou casos de atropelamento recentes na cidade.

“A maioria da população rio-pretense não quer mais radares móveis, escondidos, pegadinhas, camuflados em calçadas nas avenidas, são verdadeiros caça-níquel. Existem alternativas, mais educativas. Chega de sensacionalismo de alguns vereadores. A população está atenta”, disparou Anderson.

O vereador estendeu a responsabilidade “de um trabalho bem feito” ao prefeito Edinho Araújo (MDB).

“Senhor prefeito, se não está dando certo, é melhor trocar”, reverberou.

Por: Ygor Andrade