Bispo de Rio Preto renuncia a cargo na CNBB

Dom Tomé Ferreira da Silva, bispo de Rio Preto, deixou o cargo que ocupava na regional da CNBB) Confederação Nacional dos Bispos do Brasil.

Dom Thomé, que é alvo de investigação determinada pelo Vaticano, renunciou ao posto de coordenador da entidade na última sexta-feira, 21, durante reunião com outros bispos da  região.

Dhoje Interior

A informação foi dada em primeira mão na tarde desta segunda (24) pelo jornalista da TV Tem Jocelito Paganeli no portal G1 Rio Preto.

Dom Thomé, que não tem falado com a imprensa, alegou em seu processo de deligamento “motivação pessoal” para a saída da coordenação regional da CNBB.

Um mês atrás tornou-se pública, também por Paganeli, investigação do Vaticano sobre suposta omissão de dom Thomé em casos de abuso sexuais praticados por padres da diocese.

Dom Tomé entregou o cargo de representante da Sub-região da Arquidiocese de Ribeirão Preto durante reunião em que estavam presentes bispos das dioceses de Barretos, Catanduva, Jales e Votuporanga. Todos eles estavam subordinados ao bispo de Rio Preto, que foi eleito coordenador regional em 2015 para um mandato de quatro anos.

O bispo de Barretos, dom Milton Kenan Júnior, assumiu o comando da regional no lugar de dom Tomé. Ele fica na vaga de coordenador até junho de 2019, quando terminaria o mandato do bispo de Rio Preto.

A CNBB confirmou renúncia de dom Tomé, mas a assessoria da instituição não se manifesta sobre a investigação do Vaticano.

Conexão Capivara