Biomédica é nova vítima de loja de cozinhas planejadas

Mais uma vítima de estelionato, que teria sido praticado por uma loja especializada na comercialização de cozinhas planejadas, procurou a polícia de Rio Preto para registrar queixa. A vítima é uma biomédica de 30 anos, moradora no Jardim Planalto.

Ela relatou à polícia na tarde desta segunda-feira que foi até o endereço da empresa, na avenida Alberto Andaló, e descobriu que a mesma havia fechado as portas.

Segundo a consumidora, ela comprou um jogo de cozinha por R$ 2.711,22, tendo pago de entrada R$ 500 e mais R$ 370 de diferença por mudança na cor do móvel.

A compra foi parcelada em 12 vezes, tendo sido pagas duas prestações até o momento. A mercadoria não foi entregue.

A biomédica disse ainda que tentou contato por telefone e whatsapp, mas não foi atendida. A denúncia segue sendo investigada pela polícia.

Daniele JAMMAL

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS