Beraká é cancelado por conta da pandemia

Em anos anteriores, evento atraiu multidão para o Recinto

A edição do jubileu de prata (25 anos) do Beraká que iria acontecer nos dias 4 e 5 de julho foi cancelada em função da pandemia do Covid-19 que tem entre as suas restrições a proibição de eventos que tenham aglomerações de pessoas.

Segundo os organizadores, a expectativa deste ano era receber cerca de 30 mil pessoas nos dois dias e analisando a situação de momento e por não haver previsão de retorno das atividades normais em um curto espaço de tempo a decisão final mesmo foi de adiar o evento para julho de 2021.

Dhoje Interior

Segundo Renata Corrêa Leite de Oliveira, coordenadora Diocesana da Renovação Carismática Católica da Diocese de São José do Rio Preto, a decisão do cancelamento foi tomada em reunião feita nesta segunda-feira (4), em função da atual situação de pandemia vivenciada assim como as declarações e orientações dos órgãos de Saúde Pública na qual a situação não deve se normalizar rapidamente.

“Entendemos ser necessário o cancelamento do Beraká 2020 por ser este um evento em que a participação é em torno de trinta mil pessoas, gerando grande aglomeração e sua manutenção não estaria colaborando com as ações sociais realizadas até o momento para o combate à pandemia”, salientou Renata.

O evento recebe público não somente de Rio Preto e cidades vizinhas, mas também de pessoas de outros estados como Minas Gerais e Paraná.

O Beraká é um evento tradicional de evangelização promovida pela Renovação Carismática Católica da Diocese de São José do Rio Preto, onde nos dois dias acontecem shows musicais, celebrações eucarísticas, momentos de reflexão e oração, além de um espaço reservado para a evangelização das crianças.

Renata lembra que anualmente o evento arrecada durante os dois dias alimentos não perecível que são encaminhadas a entidades que fazem o atendimento de famílias carentes.

Além de fazer o cadastramento de possíveis doadores de medula óssea, por meio de uma parceria com o Hemocentro do Hospital de Base, e por último uma parceria com a Cooperlagos para o recolhimento de materiais recicláveis.

Por Sergio SAMPAIO