Banco não poderá cobrar juro maior em caso de inadimplencia

Juros cobrados terão de ser os mesmos do contrato em caso de adimplência

Medida começa a valer a partir de setembro e vai beneficiar empresas e famílias, que terão mais previsibilidade nos financiamentos.

Os bancos não poderão mais cobrar juros maiores caso o cliente atrase o pagamento de empréstimos. A nova regra vale a partir de setembro e foi aprovada na noite de quinta-feira (23), durante reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN).

Esse conselho é formado pelos ministérios da Fazenda, do Planejamento Desenvolvimento e Gestão e pelo Banco Central. A função dele é garantir o bom funcionamento do sistema financeiro e definir as condições de funcionamento de uma série de operações.

As instituições poderão cobrar dos clientes apenas juros remuneratórios pelo atraso e a taxa terá de ser a mesma pactuada no contrato pelo período de adimplência. Além disse também pode ser cobrado multa e juros de mora.

Benefício para empresas e famílias

Antes, caso o cliente atrasasse uma parcela, o banco poderia cobrar os juros de mercado ao invés dos estabelecidos em contrato, o que poderia gerar aumento de custos para o consumidor. As novas regras valem para pessoas físicas e para empresas.

 

Da Redação

Fonte: Portal Brasil

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS