“Auxílio Atleta”: Secretaria recusa receber relatórios de professores, técnicos e atletas

Professores, técnicos e atletas foram a sede da Secretaria para entregar relatórios fofo_divulgação

Um grupo de pessoas que reivindica o direito de receber o Auxilio Atleta, conforme determina a Lei 13.494, esteve na manhã desta quarta-feira (10), na sede de Secretaria de Esportes de Rio Preto para entregar o relatório de aulas dos meses de maio e junho. A entrega da documentação tem como objetivo que eles recebam o auxilio da Prefeitura de Rio Preto.

Nesta terça-feira (9), a Prefeitura ingressou com pedido de Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) contra a lei que foi sancionada após os vereadores terem, na semana passada, derrubado o veto do prefeito Edinho Araújo (MDB) ao projeto.

Dhoje Interior

Segundo Rogério Lopes, que faz parte do Movimento pelo Esporte de São José do Rio Preto, formado por professores, técnicos e atletas, ninguém da Secretaria quis receber os relatórios, nem mesmo os funcionários que normalmente têm essa função. Por isso, eles,  decidiram protocolar a entrega dos relatórios e estão orientando aos demais envolvidos fazerem o mesmo. O prazo limite para a entrega deste relatório de atividades é o dia 10 de cada mês.

Lopes afirma que foi protocolado a entrega dos relatórios dos professores para prevalecer a Lei 13.494, que ainda está em vigor. “Mesmo com Adin, a lei ainda está em vigor dentro da normalidade. Nós fomos até lá exercer o direito dos professores e atletas e entregando o relatório”, salientou.

De acordo com as informações dadas aos professores, técnicos e atletas que estiveram na sede da pasta, a secretária de Esportes, Cléia Melara Bernardelli, estaria na Prefeitura conversando com o prefeito Edinho sobre o que fazer a respeito da situação.

Em nota, a Secretaria diz que “A prefeitura de Rio Preto, informa que aguarda decisão da Justiça para se manifestar sobre o assunto”.

Por Sérgio SAMPAIO