Atletas de Rio Preto se preparam para Jogos Regionais do Idoso

A prefeitura de Rio Preto, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer em parceria com o Fundo Municipal de Solidariedade, prepara uma delegação de 106 competidores para participar da 21ª edição dos Jogos Regionais do Idoso (Jori), realizada em Votuporanga entre os dias 16 e 20 de agosto. A delegação completa terá 119 pessoas.

Rio Preto irá participar das 14 modalidades disputadas: atletismo, bocha, buraco, coreografia, damas, dança de salão, dominó, malha, natação, tênis, tênis de mesa, truco, voleibol adaptado e xadrez.

No grupo que irá disputar a modalidade coreografia, a empolgação é total. A integrante Cidinha Pellegrini, 61 anos, conta que elas estão ensaiando desde março. “A expectativa é a melhor possível. Queremos uma grande vitória”, diz.

Também na equipe de coreografia, a mais experiente do Rosimary Issas, compartilha o sentimento de união da equipe: “Tenho 76 anos, tenho orgulho da minha idade, de poder estar participando junto com minhas amigas. Eu acho maravilhoso”, afirma.

Vitalidade não falta: a aposentada Lilian Ribeiro, 68 anos, que compete no vôlei adaptado, já esteve em seis edições do Jori e tem uma rotina esportiva de dar inveja a muitos jovens: “Pratico esporte todos os dias, de manhã e à noite. Algumas vezes, até três vezes ao dia”, diz.

Os efeitos das atividades físicas frequentes vão muito além da disposição. “Eu estava perto de usar marcapasso. Comecei a praticar esportes com 35 anos. Hoje, vou ao cardiologista, faço todas as etapas do exame de esteira e está tudo normal”, afirma Dinha Fereli, hoje com 69 anos, competidora do vôlei adaptado.

A coordenadora de esportes comunitários da Secretaria de Esportes, Daniela Carvalho, fala da importância dos Jogos na vida dos competidores: “Essa é uma forma de incentivar a turma da melhor idade a praticar atividade física e eles adoram participar, viajar, receber medalha. É também uma forma de conhecer e interagir com outras pessoas”, diz.

Os Jogos Regionais do Idoso tiveram início em 1994, em São Paulo, com o nome de “Caros Coroas”, recebendo o nome atual no ano seguinte. Incialmente, a idade mínima para participar era de 55 anos, mas em 1998 ela foi elevada para 60 anos. Não há limitação de idade máxima. Os jogos foram criados com o objetivo de promover socialização e integração para os atletas da terceira idade, numa competição saudável que entrega medalhas a todos os participantes.

Neste ano, os Jori serão disputados em oito regiões administrativas do estado. O maior número de competidores será concentrado justamente em Votuporanga, que receberá 3 mil participantes, de 70 cidades. Os Jori são classificatórios para os Jogos Abertos do Idoso (JAI), que serão realizados em Sertãozinho, de 18 a 22 de outubro.

 

Uniformes

Nessa sexta-feira (11/08), a Secretaria de Esportes, Cléa Bernardelli, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, a primeira-dama Maria Elza Araújo, farão a entrega das camisetas para os atletas participantes do Jori, no Centro Regional de Eventos.

Da REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS