Atenção: Pets precisam de cuidados especiais no calor

Ainda estamos na primavera, mas as temperaturas estão altas chegando até 37º, por isso é importante ficarmos atentos aos nossos pets. Se o calor já nos incomoda para os animaizinhos pode ser ainda pior, por não conseguir passar uma comunicação muito clara.

Os veterinários da Tutti Cane Pet Shop, Alexandre Guedes Fraga e Mariana Dias Fraga, que atendem há mais de 30 anos, em Olímpia, deram dicas importantes sobre como manter os pets saudáveis e frescos neste calor.

“Nos dias quentes, devemos ter bastante cuidado com os animais. Sempre deixá-los com água fresca à vontade e lugares que tenham espaço para ficarem longe do sol e do calor. Animais que são acostumados a ficar no quintal, ficar atento, pois até onde é sombra, a temperatura está bem elevada”, explica Mariana.

Outro fator importante é sobre os passeios, existem os horários ideais para passear com os cachorros:

“ Nesses dias, os melhores horários para passeio são antes das 9h e após as 18h. Sempre levar água ou passear em lugares que têm acesso à água. Temos exceções de dias que já amanhecem com uma temperatura mais elevada, quando o ideal seria não passear. Lembrando também que é importante reduzir o tempo de passeio, para não ter muita exposição”, frisa.

Outro fator é sobre a tosa do animal tanto do gato quanto do cachorro. Existem muitas dúvidas em relação a este assunto, quando deve ou não ser feita.

“Sobre o tosamento de cães e gatos há várias opiniões a respeito. Eles expulsam o calor pela boca e coxins (almofadinhas), o pelo ajuda a controlar a temperatura do corpo. A indicação de tosa é feita para os animais que sofrem bastante com o calor. Para nossos clientes, que têm animais com pelos muito longos e que notamos o sofrimento, indicamos a tosa bebê, que deixa uma altura em torno de 2 cm, deixando um frescor e que não prejudique no controle da temperatura. No caso dos gatos, são animais que estão mais acostumados com o calor, mas que precisam de atenção também. Sempre deixar água fresca à vontade, e refrescar suas patas com um pouco de água. Para gatos com pelos longos, também indicamos a tosa bebê”, salienta a veterinária.

Existe também protetor solar para cães e gatos. Os veterinários Alexandre e Mariana indicam também o uso de Pet Glove, um hidratante para coxins, que forma uma luva invisível e que diminui o impacto do calor do asfalto.

“Aconselhamos ter cuidado com os animais, igual temos a nós mesmos. Evitar locais muito quentes, não deixá-los presos dentro de casa sem circulação de vento, não deixar sem água e outros cuidados diários. Notar se está tudo bem com eles e caso tiver uma alteração respiratória, ofegante, entrar em contato o quanto antes com veterinário”, conclui Mariana.

Por Isabela MARTINS

SEM COMENTÁRIOS