Artesp autoriza nova operadora de pedágio eletrônico nas rodovias paulistas

Greenpass irá comercializar e operar o produto Taggy para o pagamento de pedágio automático. A previsão é de que o produto passe a operar a partir do mês de março de 2019, e alcance a marca de 2 milhões de usuários em dois anos. (Foto Divulgação)

A entrada em operação de mais uma empresa de pedágio eletrônico vai ampliar o leque de opções dos usuários, além de incentivar a concorrência e contribuir para a criação de novos planos e produtos para os motoristas. A Greenpass irá comercializar e operar o produto Taggy, para o pagamento de pedágio automático. A autorização da Agência de Transporte do Estado de São Paulo foi publicada ontem pelo Diário Oficial do Estado.

A previsão da Greenpass é de que o produto Taggy passe a operar no mês de março de 2019, atendendo indivíduos e empresas, e alcance a marca de 2 milhões de usuários em dois anos de operação. A estratégia da operadora visa oferecer uma adesão simplificada ao usuário, através de aplicativos do meio de pagamento dos parceiros, sem a necessidade de informações cadastrais adicionais.

Com diferentes perfis de planos, as taxas poderão variar de acordo com o relacionamento do cliente com o seu meio de pagamento, podendo em alguns casos, não ter cobrança de taxa. O TAG (chipp instalado no pára-brisa do carro) custará entre R$ 9 e R$ 15, mas alguns parceiros vão oferecer o equipamento gratuitamente ou permitirão o uso de pontos de programas de fidelidade para adesão.

São mais de 4 milhões de TAGs ativos. Nas novas concessões, o usuário que utiliza o pedágio automático tem desconto de 5% na tarifa, benefício que já é oferecido na malha sob concessão da Entrevias, que opera 570 quilômetros de rodovias nas regiões de São José do Rio Preto, Barretos, Ribeirão Preto, Araraquara, Bauru e Marília.

Segundo a Artesp, o volume de pagamentos de pedágios vem aumentando sucessivamente. Ao todo, as quatro empresas em operação (Sem Parar, Move Mais, Conectcar e Veloe) administram 4,4 milhões de etiquetas (tags) instaladas em veículos que circulam no Estado de São Paulo. Atualmente o motorista pode optar por 17 planos oferecidos pelas credenciadas. Com o início de operação do Taggy serão 21 planos. Conteúdo especial: Vinícius MAIA

 

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS