Artesã surta ao ser flagrada furtando produtos em supermercado

Uma artesã, de 48 anos, foi flagrada neste domingo (15) furtando produtos de um supermercado, no bairro São Vicente, em Rio Preto. Ao ser indagada por um funcionário, a mulher teria admitido o furto. No momento em que estava sendo encaminhada à uma sala reservada do estabelecimento comercial, ela surtou, se jogando no chão, gritando dentro da loja e jogando produtos no chão.

De acordo com o boletim de ocorrência, um auxiliar de açougue precisou ajudar o funcionário a conter a artesã, quando ela, então, rasgou a roupa dele. Já na sala de reunião, a mulher teria tido outro surto e jogado cadeiras e a mesa contra funcionários. Ela também tentou jogar uma televisão no chão, mas não conseguiu.

Dhoje Interior

Os funcionários do mercado contaram à polícia que quando foi solicitado que ela devolvesse os produtos furtados, ela os colocou em cima da mesa e tirou a roupa para mostrar que não havia mais nada. Entre os produtos furtados havia cremes de avelã, sabonetes, pasta de amendoim e preservativos, somando R$ 209,18. Toda a mercadoria foi restituída ao supermercado.

O furto foi descoberto, após um cliente que não se identificou ter avisado um funcionário do mercado que a mulher estava colocando produtos em sua bolsa. Ao checar as câmeras de monitoramento foi possível constatar a denúncia.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, a mulher alegou que passou toda a sua compra no caixa, no entanto, não sabia onde havia colocado a nota fiscal, dizendo também que havia ocorrido um mal entendido. Ela ainda disse que como o funcionário a pegou pelo braço com força, “ficou nervosa, se debateu e desferiu chutes para todo lado”.

Em razão de a mulher reclamar de dores, ela foi encaminhada à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) tangará, onde foi constatado que ela não apresentava nenhum vestígio de lesão e nem fraturas.

A artesã, que não possui antecedentes criminais, prestou depoimento na Central de Flagrantes e foi liberada. Registrado como tentativa de furto, o caso será encaminhado para o 3° Distrito Policial, para melhor apuração.

Tatiana PIRES – Redação Jornal DHoje Interior
E-mail: [email protected]