Arquiteto denuncia corte ilegal de árvores e descarte irregular de lixo em Talhado

Dono de uma empresa de paisagismo que presta serviço para uma construtora, o arquiteto G.F.C., 37, procurou a Polícia Civil de Rio Preto para denunciar que estão sendo feitos cortes ilegais de árvores de reflorestamento, além de descarte irregular de entulhos, na estrada para o Distrito de Talhado.

C. é o responsável pela manutenção de áreas dos bairros Maria Serantes, Lealdade, Amizade e Luz da Esperança e, segundo ele, esses crimes estão prejudicando o desenvolvimento do plantio, conforme Termo de Recuperação Ambiental firmado com a justiça.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS