Araçatuba: Estudante fica ferida após explosão de artefato em escola

A Polícia Civil de Araçatuba investiga a explosão de um artefato dentro de uma escola estadual, na manhã da quarta-feira (7). O caso foi registrado na delegacia durante a noite pela mãe de uma aluna.

A mulher procurou a Central de Flagrantes e contou que a filha, de 14 anos, estuda na Escola Estadual Professora Nilce Maia Souto Melo, localizada na rua Honduras, no bairro Vila Industrial. Ela estava indo ao banheiro quando viu dois alunos do terceiro ano saindo do local.

A vítima entrou no banheiro e presenciou o momento em que um artefato explodiu. Ela acabou sendo atingida na perna direita e teve ferimentos. Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, a direção da unidade escolar não socorreu a estudante até ao pronto-socorro e passou gelo nas lesões. Informou ainda que iria tentar identificar os autores para poder tomar as medidas cabíveis.

O caso foi registrado como Lesão Corporal. A polícia requisitou exame de corpo de delito à jovem no IML (Instituto Médico Legal).

A Diretoria Regional de Ensino de Araçatuba informou que não houve explosão de artefato na Escola Estadual Profª Nilce Maia Souto Melo. Por meio de uma nota enviada pela assessoria da Secretaria Estadual de Educação, informou que uma bomba de festas juninas foi utilizada e os alunos envolvidos já foram identificados.

Os pais já foram chamados para reunião com a direção da unidade escolar e o Conselho Escolar foi acionado para deliberar sobre o caso. A Diretoria reforçou também que não houve negligência no atendimento a aluna, como relatado, e que ela foi prontamente atendida pela equipe escolar.

Da REPORTAGEM

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS