App divide custos médicos em consultas e exames

Foto Claudio Lahos

A parcela da população que não tem acesso a planos de saúde, mas também não quer depender do Sistema Único de Saúde (SUS), cresce a cada dia. De olho nesse público, várias startups começaram a oferecer serviços alternativos, com preços acessíveis
para realização de consultas e exames. Em Rio Preto, um aplicativo oferece aos pacientes tratamento médico, com crédito imediato e parcelado em até 12 vezes em boletos bancários.

Um dos idealizadores do app, Phillip Monteiro Laignier Costa afirma que a ideia da criação do Onuo veio da dificuldade que alguns pacientes enfrentam para pagar uma consulta ou exame médico. “Mesmo com a entrada das clínicas populares (com preços mais baratos) em Rio Preto, reparei que alguns pacientes não tem condições de arcar com os custos das consultas e exames. O intuito do aplicativo do Onuo é arrumar
o crédito financeiro para essas pessoas na realização de serviços da saúde por meio da
parceria com clínicas e laboratórios”, explica.

O aplicativo funciona da seguinte forma: a clínica e o paciente precisam baixar o app,
fazer o cadastro e seguir o passo a passo. Após o cadastro, o paciente recebe um crédito de R$ 500 para realizar as consultas e exames na clínica que também deve estar cadastrada.

O pagamento desse valor pode ser parcelado em até 12 vezes em boletos bancários, com vencimentos em 30 dias. O app foi criado em maio deste ano e lançado no mês
passado. Em fase de teste, o aplicativo está disponível apenas para Android. De acordo
com Phillip Costa, até o momento 150 pessoas realizaram o cadastro do app e mais de 50 utilizaram o crédito. O retorno do crédito é repassado através das taxas administrativas no valor das parcelas. A clínica Pronto Saúde é o único estabelecimento
da área cadastrada até o momento.

Segundo o diretor da Pronto Saúde, Raphael Beolchi, o benefício atende necessidades
dos pacientes. “Muitas vezes, os pacientes saem das consultas com pedidos de muitos
exames e tem dificuldades em arcar com os valores. Com o aplicativo, a situação é diferente, pois ele fornece essa possibilidade de pagamento em parcelas por mais tempo”, destaca. Preço médio das consultas varia de R$ 75 a R$ 90.

 

Por Vinicius MAIA

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS