Aposentado tenta matar advogado com um tiro

FOTO GUILHERME BATISTA

Morador do Jockey Club, o aposentado W.M., 77, foi preso em flagrante nesta quarta-feira por tentar matar seu advogado, E.V.T., 52. A vítima, que escapou ilesa,sofreu o atentado no escritório onde trabalha, na Vila Imperial. À polícia, o acusado alegou que T. lhe devia muito dinheiro de um empréstimo.

O crime teria ocorrido por volta das 17 horas. Peritos da Polícia Técnica localizaram o projétil em cima de uma pilha de pastas que estavam sobre uma mesa.

A arma usada pelo idoso, um revólver calibre 32, com cinco munições intactas e uma deflagrada, foi localizada por policiais militares em um matagal.

No escritório, havia uma garrafa com gasolina, usada para espalhar o combustível no escritório. M. disse aos policiais que iria colocar fogo em processos sob responsabilidade do advogado que lhe teria causado grandes prejuízos.

Durante interrogatório, o aposentado afirmou que não tinha intenção de matar a vítima, mas que atirou porque T. teria apertado sua mão. A camisa do advogado foi apreendida com forte odor de combustível.

 

Por Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS