Após reunião, diretoria do Mirassol anuncia saída do técnico Moisés Egert

Moisés Egert deixou o comando do Leão nesta sexta-feira. Clube correrá atrás de novo técnico para a Copa Paulista

Confirmado na disputa da Copa Paulista, que tem início marcado para o dia 2 de julho, o Mirassol terá que procurar outra opção para comandar a equipe. Na tarde desta sexta-feira, a diretoria do Leão, após reunião com o técnico Moisés Egert, optou pela saída do treinador que dirigiu o time no Campeonato Paulista da Série A-1 e levou o clube a conquista da vaga na Série D do Campeonato Brasileiro de 2018.

“Nós tivemos uma conversa com a diretoria e foi um conversa amigável, boa e fizemos a análise daquilo que é melhor para ambos, tanto para a equipe quanto pra mim. A princípio o que acordamos hoje é que o clube precisa se organizar, se reestruturar em todos os setores e principalmente na parte financeira. Então, nesse momento de reorganização eu também me coloco no mercado”, afirmou o treinador em sua despedida do Leão.

Além da vaga na Série D do Campeonato Paulista e manutenção do Mirassol na divisão de elite do Campeonato Paulista, Moisés Egert foi responsável por levar o Leão ao acesso da Série A-2 para a Série A-1 no ano passado. Até por isso, o treinador afirma que tem encaminhada uma possível volta na próxima temporada.

“Um primeiro acordo foi que o trabalho fosse a médio e longo prazo. Ele continua ainda, é possível que isso aconteça, mas nesse momento onde a equipe vai se organizar, eu também acredito que posso me reorganizar em relação a minha carreira. A vida segue. Ficamos no aguardo de qualquer contato e deixamos meio que conversados alguma coisa para o ano que vem. Vou estar de olho no Mirassol, mas saio nesse momento agora”, concluiu Moisés.

Segundo o presidente do Leão, Edson Antônio Ermenegildo, o clube não trabalha com nenhum nome neste momento para substituir Moisés Egert. “Ainda temos um bom prazo até o início da Copa Paulista. Por enquanto ainda não planejamos o segundo semestre”, disse Edson Ermenegildo, que encerrou dizendo que o até o dia 1º junho o próximo treinador deverá ser apresentado no Mirassol.

Por Marcelo Schaffauser

SEM COMENTÁRIOS