APCD faz triagem para oferecer tratamento ortodôntico à população carente

Quem precisa fazer tratamento ortodôntico, mas no momento está sem condições financeiras para arcar com os altos valores do tratamento, tem uma boa oportunidade nesta quarta-feira (30), na Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas de Rio Preto (APCD).

Haverá a triagem de pacientes e aqueles que precisarem utilizar aparelho ortodôntico poderão receber o tratamento de forma gratuita. A coordenadora do curso de ortodontia, Ana Cristina Maia de Oliveira, explica que o atendimento é feito pelos alunos e supervisionado pelos professores do curso. “Abrimos para a população carente que tem o sonho de colocar aparelho e não pode. O atendimento é gratuito, feito pelos alunos. A pessoa só vai pagar o valor de preço de custo para a manutenção do aparelho”, disse. A mensalidade no caso é de R$ 50 por mês, para gastos com equipamentos odontológicos.

A triagem será feita por 12 alunos, que serão monitorados por dois professores. A triagem e o tratamento não serão cobrados, apenas a documentação ortodôntica e manutenção do aparelho, mesmo assim com valores de custo. “Os alunos passaram três meses treinando em bonecos e agora passarão para o atendimento real em pacientes. A vantagem é que os professores estão em cima dos alunos e eles receberão uma nota por esses atendimentos”, explicou a coordenadora.

O tratamento será feito durante o Curso de Especialização em Ortodontia, realizado pela Faculdade de Odontologia da APCD (FAOA), que de acordo com Ana Cristina é a especialização mais longa na odontologia e dura três anos.

Quem estiver interessado em passar pela triagem, precisa ter idade a partir de 10 anos, ter os dentes mal posicionados e que precisem usar aparelho. A triagem acontece na sede da APCD, que fica na Avenida Francisco das Chagas Oliveira, 875, ao lado do Riopreto Shopping, nos horários das 8h às 11h30 e das 14h às 17h30.

Fonte: Priscila Carvalho – Redação jornal DHoje Interior 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS