Amigos, amigos, Copa do Mundo à parte

Marcelo e Navas ganharam a Liga dos Campeões juntos no Real Madrid há menos de um mês. Nessa sexta-feira (22) eles estarão em lados opostos

Companheiros de Real Madrid. Rivais na Copa do Mundo. É assim que o lateral esquerdo Marcelo e o goleiro Keylor Navas vão entrar em campo para o jogo entre Brasil e Costa Rica, às 9h, no Saint Petersburg Stadium, nesta sexta-feira (22). O jogo é válido pela 2ª rodada do Grupo E. Uma derrota pode significar a eliminação para as duas seleções.
Marcelo e Navas ganharam a Liga dos Campeões juntos no final de maio, mas precisarão deixar a amizade de lado nesse duelo. O volante Casemiro é outro que atua no clube espanhol. Tite não poderá repetir o mesmo time que empatou com a Suíça na estreia. O lateral Danilo sofreu uma lesão no quadril direito nessa quinta-feira(21) e será poupado. Fagner deve ser o substituto. Outra novidade para o jogo será a mudança de capitão. Tite tem o costume de fazer o rodízio de capitães, como forma de dividir responsabilidades. Marcelo, que foi o capitão no primeiro jogo, passará a braçadeira para o zagueiro Thiago Silva.
Neymar, que sentiu dores durante um treino da semana, já está recuperado e vai para o jogo. O jogador foi caçado pelos suíços na estreia, onde sofreu dez faltas. A presença do principal do jogador do Brasil, porém, não animou muito os torcedores. “Ele cai muito. Vamos ver se ele para de firula e parte pra cima dos zagueiros”, afirma Vinicius Capelari, 32 anos. Outro que criticou o atacante foi o administrador Aldinas Adonaides. “Não estou muito otimista. Neymar não jogou nada na última partida. Creio que vai ser só 1×0.”, comentou.
Turbulência
O rival do Brasil também não passa por um bom momento. A Costa Rica perdeu para a Sérvia na estreia por 1 a 0 e precisa vencer para seguir com chances. No entanto, a equipe sofre com um possível racha no elenco, entre jogadores que atuam na Europa e jogadores que atuam nos Estados Unidos. Na segunda-feira (18), os zagueiros Johan Venegas e Giancarlo González se estranharam durante o treino. Na ocasião, González chutou a bola com força em Venegas, iniciando um bate-boca entre os atletas.
Para o jogo, o técnico Oscar Ramírez aposta na bola parada para derrotar a seleção brasileira. Abaixo as prováveis escalações.
Brasil: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Gabriel Jesus e Neymar.
Costa Rica: Navas; Gamboa, Acosta, González, Duarte e Oviedo; Vengas, Guzmán, Borges e Bryan Ruiz; Ureña.
Colaborou: Vinicius LIMA