Alimentos antioxidantes auxiliam no combate ao câncer

Mesmo em pleno século XXI ainda há muitos tabus em relação ao câncer. Para alguns, a doença é relacionada ao destino, para outros é uma questão de predisposição genética. O que o estudo publicado na edição de dezembro de 2011 do British Journal of Cancerconstatou foi que 45% dos casos de câncer em homens e 40% dos casos em mulheres poderiam ser evitados se adotados hábitos saudáveis.

Segundo o Dr. Lucas Penchel, médico, nutrólogo e diretor da Clínica Penchel, dentre os hábitos que auxiliam na prevenção ao câncer, a alimentação rica em alimentos antioxidantes desponta como a mais eficaz e prática. “Uma dieta com grandes concentrações de vitaminas A, C e E, betacaroteno, selênio ou zinco é capaz de diminuir notavelmente as chances de um indivíduo desenvolver um câncer, por exemplo”, explica.

As substâncias antioxidantes atrasam ou impedem as ações dos radicais livres – moléculas instáveis e reativas que podem causar doenças degenerativas e, até mesmo, câncer. Por serem produzidas em pequena quantidade pelo organismo, inserir uma dose farta na dieta através da alimentação é a forma mais indicada pelos especialistas.

“Alimentos de origem animal, frutas cítricas, vegetais verdes, cereais e grãos são as fontes com maior abundância de antioxidantes. Aproveitando o período das festividades de final de ano, invista em aves, carnes ou frutos do mar, amêndoas, nozes, castanha-do-pará, frutas cítricas, uva, morango e damasco”, indica Lucas.

Da Redação

SEM COMENTÁRIOS