Alimentação saudável ajuda na perda de peso

Nesta sexta-feira (16) é comemorado o Dia Mundial da Alimentação. Os temas abordados são diferentes a cada ano e a data já é reconhecida em mais de 150 países. O tema deste ano é “Cresça, alimente, sustente juntos”.

A nutricionista Tainara Costa destaca a importância da alimentação saudável. Segundo ela, como base da alimentação é importante utilizar alimentos naturais como frutas, verduras, comer bastante ovo, preferir sempre alimentos in natura ou minimamente processados, limitar o consumo de alimentos processados e ultra processados, utilizar menos sódio, menos sal, menos carne vermelha, evitar frituras e consumir mais alimentos ricos em nutrientes. “Devemos desembalar menos e descascar mais”, afirma.

Dhoje Interior

Quando hábitos alimentares ruins são praticados por um longo período, doenças crônicas podem ser desencadeadas.

Tainara alerta que o hábito de consumir produtos processados rico em sódio e sal pode levar a uma hipertensão, o consumo exagerado de carboidratos simples, açucares, doces podem levar a diabetes, assim como a obesidade tem como uma das causas o excesso de alimentos inadequados.

De acordo com a nutricionista, a fome oculta é a ingestão exagerada alimentos que não são provenientes de nutrientes. “Come-se muito fast-food, alimentos que não nutrem o organismo’, completa.

Comer regularmente é algo fundamental, ao comer fora é recomendado locais que façam a comida na hora.

O rio-pretense Sandro Benitez, pesava 200 quilos e há 4 meses começou sua reeducação alimentar. “Antes eu era viciado em refrigerante, tomava 6 litros por dia, muita massa, lanches,” afirma. Hoje ele está com 160 quilos,  e agora tem uma alimentação saudável, come mais alimentos ricos em nutrientes, ovos, saladas. “Aprendi a comer correto hoje tenho nova vida,”conta.

Pedro Henrique Loureiro é vegano e tem uma alimentação baseada apenas em legumes, verduras e frutas. Segundo ele tem preferência por alimentos orgânicos, mas nem sempre os consume, isso porque possuem o custo mais elevado que os demais.

“Muitos alimentos industrializados não são tão bons, por isso prefiro os mais naturais,” afirma.

Uma pesquisa realizada no ano passado, pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) mostra que 80% dos brasileiros buscam alimentação saudável. Oito em cada dez brasileiros afirmam que se esforçam para ter uma alimentação saudável e 71% dos entrevistados apontam que preferem produtos mais saudáveis, mesmo que tenham que pagar caro por eles. O mesmo percentual (71%) admite estar satisfeito com a própria alimentação.

Janaína PEREIRA – Redação Jornal Dhoje Interior