Alimentação de gatos: de filhote a adulto

Nas primeiras semanas de vida, os filhotes são muito dependentes da mãe e precisam de muita atenção. Até atingirem quatro semanas, os gatinhos vão permanecer mamando, mas depois desse período eles precisarão se adaptar a alimentação seca.

Filhotes

“Os filhotes precisam ser desmamados gradualmente a partir da 4ª semana de vida. É importante ir pouco a pouco para que o gatinho se habitue com a textura do alimento e não sinta falta do leite materno”, explica a médica veterinária da Equilíbrio e Coordenadora da Comunicação Científica da Total Alimentos, Bárbara Benitez.
Assim que os gatinhos estivem mais acostumados, o tutor pode começar a oferecer apenas o alimento seco. A dica é escolher um alimento rico em gorduras e proteínas de qualidade, que seja rico ômegas 3 e 6 – que ajudam no desenvolvimento cognitivo do animal – e ingredientes que ajudem na flora intestinal.

Passando para a fase adulta

Essa é a fase mais duradoura da vida de um felino. Então, ele precisa de alimentos que garantam qualidade de vida e saúde ao longo de 7 anos. Nessa fase da vida, é importante que o gato consuma alimentos específico que auxiliem na saúde urinária e bucal. “É recomendado também, principalmente para os felinos de pelos longos, que eles consumam alimentos que previnam o acúmulo de bolas de pelos no intestino”, acrescenta Bárbara.

 

Da Redação

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS