Alemanha busca reação contra Suécia; Bélgica e México tentam manter a boa fase

Grupo F pode definir seus classificados para as oitavas e possível adversário do Brasil. Bélgica tenta comprovar o favoritismo contra a Túnisia.

O Grupo F da Copa do Mundo pode definir seus classificados neste sábado (23). Se México e Suécia vencerem, eles já estarão garantidos nas oitavas de final. Pelo Grupo G, a Bélgica tenta se manter na liderança enfrentando a Tunísia.

Dhoje Interior

Bélgica x Tunísia

A expectativa em cima da famosa “Geração Belga” é grande para essa Copa do Mundo. Após golear o Panamá na estreia, a Bélgica enfrenta a Tunísia ás 9h no Spartak Stadium, podendo garantir a classificação antecipada. Para o jogo, a esperança dos torcedores está no atacante Lukaku. Ele marcou dois gols na estreia e é o maior artilheiro da história da seleção belga, com 38 gols.

A Tunísia tenta se recuperar da derrota frustrante para a Inglaterra, na qual levou um gol nos acréscimos. Com uma luxação no ombro, o goleiro Mouez Hassen foi cortado e não disputa mais a Copa do Mundo. Ben Mustapha deve ser o substituto para o jogo.

Coréia do Sul x México

A vitória diante a Alemanha no último domingo (17) empolgou a torcida mexicana. Apesar disso, o técnico Juan Carlos Osório pede para a equipe manter a tranquilidade para o jogo contra a Coréia, ás 12h, na Rostov Arena. A tendência é de que os mexicanos repitam a escalação.

A Coréia do Sul terá o desfalque do lateral esquerdo Park Joo-ho. A equipe deve começar o jogo atacando os mexicanos, pois uma nova derrota pode eliminar o time ainda na fase de grupos.

Alemanha x Suécia

Após fechar os treinos durante a semana, o técnico Joachim Löw tem a missão de fazer a Alemanha voltar a vencer. Assim como a Coréia, uma derrota pode significar o fim da Copa para a atual campeã do mundo. O zagueiro Hummels deve ser desfalque por conta de um estiramento no pescoço. Por outro lado, Reus deve estrear no time titular.

Os suecos tentam a 2ª vitória consecutiva na Copa. Apesar da vitória na estreia, a desconfiança no ataque ainda permanece. Muitos acreditam que o veterano Ibrahimovic deveria ter sido convocado. A Suécia tenta se inspirar no jogo das eliminatórias de 2012. Na ocasião a Alemanha abriu 4 a 0, mas os suecos regiram e saíram com o empate.

Colaborou: Vinicius LIMA