Aeroporto recebeu 69,2 mil passageiros no mês passado

O aeroporto de Rio Preto teve uma queda de 5,4% no número de decolagens no segundo semestre de 2019, segundo um estudo do Centro de Inteligência da Economia do Turismo.

Foram 2.116 decolagens regulares no ano passado, enquanto em 2018, no mesmo período, foram 2.238 registros. Apesar da queda de frequências aéreas, a região ainda tem a segunda maior conectividade do interior do Estado, ficando apenas atrás de Ribeirão Preto e, com a exceção, de Viracopos em Capinas, Congonhas e Guarulhos.

Dhoje Interior

O gerente comercial Rafael Alves acredita que o maior número de horários de voos para as principais capitais do país melhoraria ainda mais o ranking do aeroporto.

“Eu preciso viajar toda a semana para São Paulo por causa do trabalho. Os horários são um pouco ingratos. Uma variedade nas companhias aéreas melhoraria ainda mais o fluxo de passageiros”, conta.

De acordo com o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (Daesp), houve um aumento no número de passageiros no aeroporto de Rio Preto de 4% em dezembro do ano passado, com 69.214 usuários.
Quatro companhias aéreas brasileiras abriram 676 novas frequências aéreas semanais a partir dos aeroportos paulistas no segundo semestre de 2019. No interior paulista três novos aeroportos passaram a receber voos regulares, são eles, Araraquara, Barretos e Franca.

A previsão é que o aeroporto de Votuporanga também passe a receber voos regulares a partir deste ano. A viabilização depende de obras de infraestrutura a serem feitas pela prefeitura ou pelo Daesp. São Carlos e Guarujá também estão nesta lista.

 

Por Vinicius LOPES