Adolescentes da Fundação Casa agridem funcionários

Uma confusão envolvendo nove adolescentes, com idades entre 15 e 17 anos, e cinco agentes penitenciários foi registrado na manhã de segunda-feira (02), na Fundação Casa de Rio Preto.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pelos agentes, os adolescentes já vinham apresentando comportamentos agressivos como ameaças, desobediência e incitações de motim.

Para verificar se os adolescentes estavam planejando algum motim, a segurança do local decidiu fazer uma vistoria nos quartos. Os jovens se revoltaram e agrediram os cinco agentes penitenciários da unidade com socos, chutes e tapas.

Os coordenadores de segurança, que estavam em reunião no momento da confusão, foram chamados para ajudar conter os adolescentes.

Os menores foram socorridos com ferimentos leves até a enfermaria do local e permanecem detidos na unidade.

Em nota, a Corregedoria Geral da Fundação CASA informou que instaurou sindicância para apurar agressão de um grupo de adolescentes contra servidores no Centro de Internação Provisória de Rio Preto. O fato aconteceu durante uma revista de rotina e de orientação.

Informou ainda que a situação foi controlada pelos próprios servidores do centro e que os adolescentes e os funcionários sofreram escoriações leves e passam bem.

A instituição ressaltou que não tolera qualquer tipo de desrespeito aos direitos humanos dos adolescentes e dos servidores e não compactua com eventuais práticas de agressão.

Ainda de acordo com a nota, os jovens envolvidos passarão pela Comissão de Avaliação Disciplinar, formada por servidores de todas as áreas do centro, e receberão sanções disciplinares. O Judiciário e os familiares dos internos foram informados sobre o ocorrido.

Por Bia MENEGILDO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS