Adolescente e irmã promovem confusão na UPA Jaguaré

O menor F.R.A.S.J., 17, e sua irmã, a dona de casa J.A.M.S., 36, estão sendo acusados de promoverem tumulto na UPA Jaguaré, por volta das 23h40 desta quarta-feira. Na confusão, o recepcionista E.M., 40, ficou ferido.

Segundo o boletim de ocorrência registrado na Central de Flagrantes, a acusada estava acompanhando sua filha A.L., que estava sendo medicada na área reservada, quando o adolescente invadiu a área, sem respeitar a orientação de que não poderia estar ali sem autorização.

O funcionário da unidade tentou bloquear sua passagem, sendo empurrado contra uma parede. E.M. bateu a cabeça, ficando machucado.

Ao sair do espaço onde estava e tentar acalmar os ânimos, a dona de casa acabou por se envolver em uma discussão com a manicure S.R.M.A., 29, passando a lhe fazer ameaças.

A Guarda Civil Municipal foi acionada e levou os suspeitos até o Plantão Policial, onde desmentiram a versão apresentada pelo recepcionista da UPA e confirmada pelo testemunho da manicure.

O adolescente foi autuado por ato infracional análogo a desacato, ameaça e lesão corporal. Já sua irmã vai responder por ameaça.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS