Acusado de matar adolescente a facadas é condenado a 19 anos de prisão

Thais Aline Zanini Festa (foto) tinha 17 anos quando foi morta a facadas (Foto: Arquivo Pessoal)

 

Foi condenado a 19 anos de prisão o jovem Renan Luís Greco, acusado de matar a facadas e enterrar o corpo da adolescente Thais Aline Zanini Festa, de 17 anos, no bairro Bom Sucesso, em Rio Preto.

Dhoje Interior

O júri popular aconteceu na tarde desta quinta-feira, dia 19, no Fórum da cidade. Segundo o Ministério Público, o rapaz foi condenado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

O crime no dia 5 de abril de 2014. O acusado tinha convidado a vítima para acampar em uma propriedade rural. Em um determinado momento, ele acabou desferindo mais de 20 golpes de faca.

Após o assassinato, Renan cavou um buraco com uma enxada e enterrou parcialmente o corpo da adolescente, deixando apenas as pernas para fora.

Depois que o corpo foi encontrado e o inquérito instaurado, Renan e um amigo, que também já havia ficado com a vítima, se apresentaram na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Rio Preto. Ele assumiu o crime e apresentou diversas versões durante o processo.

Em uma de suas versões, Renan disse que a jovem acabou zombando de um abuso sexual que ele teria sido vítima quando adolescente. O abuso nunca foi comprovado.

A dupla ficou presa temporariamente, porém, o amigo de Renan foi liberado após falta de provas no crime. O rapaz também foi liberado após pedido de habeas corpus da defesa. Ele respondia o processo em liberdade.

Com a condenação, Renan foi levado para a cadeia. A defesa dele vai recorrer da decisão e entrar com um novo pedido de habeas corpus, para que ele cumpra a pena em liberdade.

Vinicius LOPES