Acusadas de adoção clandestina são soltas pela Justiça

Presas na madrugada desta quarta-feira, no terminal rodoviário de Rio Preto, as acusadas de adoção clandestina foram soltas na manhã desta quinta, após audiência judicial. A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) investiga se houve negociação financeira.

Ontem, policiais civis impediram que a jovem de 19 anos, que deu à luz há duas semanas, retornasse para Cascavel (PR). A mulher de 45 anos, que ficaria com o bebê, também foi detida.

Segundo a DDM, a gestante foi convidada pela outra suspeita para vir a Rio Preto, onde teria a criança e retornaria sozinha para sua casa.

Daniele JAMMAL

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS