Academias ao ar livre e parquinhos são interditados em Rio Preto

Prefeitura interdita equipamentos de esporte e lazer e orienta frequentadores de parques_SMCS

A Prefeitura de Rio Preto decidiu interditar as diversas academias ao ar livre e os brinquedos dos parquinhos infantis, que ficam em parques da cidade e pistas de caminhada. A decisão se deu para combater a proliferação do coronavírus (Covid-19).

Estes aparelhos para continuar sendo usados teriam que ser higienizados completamente entre uma pessoa usar e a outra, mas isso fica inviável por serem muitos e espalhados na cidade toda.

Dhoje Interior

No que diz as pistas de caminhada, o secretário de Saúde, Aldenis Borim, reforçou diversas vezes que as pessoas devem evitar aglomerações e seguir as recomendações que estão descritas nos cartazes espalhados por estes locais. Os exercícios em grupo não devem acontecer.

“Quem não respeitar estará colocando outras pessoas em perigo”, afirmou o secretário.
Em nota, a Prefeitura orienta para que as pessoas quando forem fazer caminhadas evitem levar crianças e idosos.

O distanciamento durante as práticas deve ser de, no mínimo, 1,5 metro entre uma e outra pessoa nas quatro direções (direita, esquerda, frente e costas).

O secretário afirmou que sabe que é difícil para os pais que estão com as crianças em casa sem aulas não procurar esses parquinhos para entreter as crianças, mas ele afirmou que não é aconselhável, pois já existe na cidade a transmissão comunitária.

“Não leve no parquinho, pois você está expondo o ente mais querido que você tem”, finalizou Borim.

Por Sergio SAMPAIO