A magia do cinema aliada à sustentabilidade

Cinema, arte e sustentabilidade são as três vertentes reunidas pelo Projeto Cinesolar que desembarca pela terceira vez em Rio Preto na próxima quarta-feira (11), no CEU das Artes que fica no Parque Nova Esperança, a partir das 19h. A inovadora iniciativa brasileira de cinema itinerante exibe filmes a partir da energia solar.

O projeto tem entrada gratuita a população e tudo funciona a partir de uma van equipada com placas solares que possibilitam, por meio de um sistema conversor de energia solar para elétrica, a exibição dos filmes e também apresentações artísticas. A abertura da temporada 2018 conta com eventos do Circuito CPFL de Arte e Cultura em nove cidades do interior de São Paulo, que incluem além de Rio Preto, outras duas cidades da região, como Poloni e Ibirá.

No interior do veículo há 100 assentos para o público, telão com metragem de 200 polegadas, sistema de projeção e som e inclusive um estúdio de gravação. Geralmente as exibições ocorrem em lugares como praças públicas e quadras esportivas e o público também pode levar o próprio assento, que faz com que cada exibição normalmente tenha um grande público. O recorde já registrado foi de 700 pessoas.

O objetivo do Cinesolar é democratizar o acesso às produções audiovisuais e promover ações sustentáveis. A idealizadora e coordenadora do projeto, Cynthia Alario, comenta que o projeto Solar World Cinema, da Fundação Holandesa Doen, serviu de inspiração para a criação do Cinesolar e atualmente é também um dos parceiros do projeto brasileiro. “A gente trouxe esse conceito de um cinema movido à energia solar e hoje o Cinesolar é mais do que um cinema, é uma estação móvel de arte, sustentabilidade, cinema e cultura de paz, já que a ideia é mobilizar as pessoas e trazer esses conceitos para o dia-a-dia delas através da arte e do cinema”, afirmou. Todas as sessões do projeto têm a compensação de carbono em uma área de reflorestamento no interior de São Paulo.

Desde o início das atividades em 2013, o Cinesolar já realizou cerca de 500 sessões com a exibição de mais de 30 longas-metragens e 100 curtas metragens com a temática socioambiental em 260 cidades brasileiras, percorrendo mais de 60 mil quilômetros e ultrapassando 95 mil espectadores. “Rio Preto é perfeito para um cinema movido à energia solar. É a terceira vez na cidade e adoramos”, finalizou Alário.

Programação Cinesolar em Rio Preto, dia 11 de abril
19h Curtas infantis sobre sustentabilidade
20h DETOX SP
Endereço CEU das ARTES, à Rua Robson augusto Diaveiro, S/N, no Parque Nova Esperança (Em caso de chuva, será no mesmo endereço)

Por Priscila CARVALHO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIOS