5 dicas de beleza no inverno segundo um cirurgião plástico

O tempo mais frio e as baixas temperaturas pedem água mais quente, banhos mais demorados e … pele ressecada, caspas e tecidos danificados. Para não cair nas armadilhas do inverno o cirurgião plástico da capital paulista Dr. Francisco Alionis Neto dá algumas dicas essenciais.

1- Controle a temperatura da água

Mesmo que seja mais confortável deixar a água pelando no banho, os malefícios não compensa esse bem estar momentâneo.  A água quente, além de aumentar a desidratação causada pelo tempo seco, retiram em excesso a camada de gordura da pele que funciona como proteção.

O mesmo acontece com os cabelos. Os fios também sofrem com os banhos quentes que estimulam as glândulas sebáceas do couro cabeludo a acelerarem a produção da oleosidade e assim, promovem a descamação. Depois do banho, é importante usar o secador longe da potência máxima, assim o couro cabeludo não fica úmido por muito tempo e os fios não sofrem de novo com o calor excessivo.

2- Hidrate

Os cosméticos hidratantes possuem ativos que retém as moléculas de água na camada mais profunda da pele.

3- Coma frutas, verduras e legumes

Laranja, limão, morango, brócolis, repolho e cenoura estimulam a produção de lipídeos, responsáveis por manter a cútis hidratada e protegida.

4- Proteja também os lábios

É comum que o clima seco e frio deixe os lábios ressecados e rachados. Batons ou manteiga de cacau ajudam a manter a barreira protetora e evitam que a língua seja passada nos lábios na tentativa errônea de mantê-los úmidos.

5- Plante no inverno para colher no verão

Tratamentos de beleza a base de produtos químicos que eliminam as células mortas e promovem a renovação dos tecidos podem e devem ser feitos no inverno. Longe do sol, a pele terá mais tempo para se recuperar até a estação mais quente do ano chegar.

Fonte: Francisco Alionis Neto

Graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, com residências de Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pela Irmandade da Santa Casa de São Paulo e pelo SUS-SP,  especialista em Reconstrução Mamária pelo Hospital da Mulher- Pérola Byington São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC) e da Internacional da American Society of Aesthetic Plastic Surgery (ASAPS). Membro do corpo clínico dos hospitais Albert Einstein, São Luiz, Samaritano, Santa Isabel e São Rafael.

Da REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIOS